quarta-feira, 2 de novembro de 2016

A Fundo (2016)

.
A Fundo de Raphael Medeiros é uma curta-metragem brasileira de ficção presente na Sessão #4 do Shortcuta Rio de Janeiro que leva o espectador a uma viagem pelo interior profundo de um Brasil desconhecido onde, num vilarejo rural, um camponês maltrata e reprime os destinos da sua mulher e do seu filho até ao dia em que este se revolta e decide castigar o pai.
Raphael Medeiros consegue entregar um breve vislumbre sobre o interior profundo de um vasto país que se distancia não só geográfica como culturalmente do Brasil que todos nós conhecemos da televisão e dos noticiários, apresentando-nos esse lado mais conservador do "país tropical". Perdida nos confins desconhecidos desse "brilho", a casa desta família é ainda assombrada com a pobreza - pela avareza - e com a carência que afecta uma família pelo simples prazer de uma ilusão de poder que o dinheiro confere a um homem.
Da avareza à auto-corrupção do espírito, A Fundo falha sobretudo pela frágil - ou fragilizada! - dramatização e representação que confere aos seus actores um certo cómico de situação que empobrece a mensagem que o realizador pretende passar deixando-o como um simples esboço de uma qualquer sitcom pouco elaborada. A mensagem de acentuada crítica ao poder - e à corrupção - provocada pelo dinheiro perde-se igualmente nos meros - e básicos - apontamentos quase risíveis que pouco contribuem para a suposta seriedade que se esperava do mesmo deixando o espectador num misto de incerteza sobre se deverá (ou não!) leva este filme curto muito a sério.
.
3 / 10
.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário