sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Dog Tags (2008)

Dog Tags de Damion Dietz é um filme algo desconhecido que apesar dos lugares comuns que nos oferece trata ao mesmo tempo de temáticas interessantes nomeadamente a solidão, a falta de reconhecimento e a identificação sexual.
Bart Fletcher e Paul Preiss interpretam os dois personagens principais do filme. O primeiro um jovem homossexual com uma filha que vive uma vida com um rumo ainda por definir e especialmente com o seu lado paternal ainda por ser assumido. O segundo é um jovem militar que vive na esperança de encontrar a sua sexualidade e o seu pai, de quem não sabe, na esperança de encontrar o respeito da parte deste.
Pelo caminho ambos falam sobre a vida, sobre o que tiveram e o que esperam dela. O clima sexual entre ambos existe também, não caindo no entanto na vulgar ideia de que algo tem necessariamente de ser visto para ser percebido. Têm ambos interpretações credíveis se bem que ao longo de todo o filme são também contidas.
Existem também alguns secundários no filme mas são na sua maioria esquecidos ou pouco relevantes para o desenrolar da história pois representam apenas apêndices dos actores principais.
A cinematografia do filme não é a melhor pois a meio do filme começamos a perceber que mais parece uma gravação video do que necessariamente um filme, no entanto a banda-sonora e alguns planos conseguem compensar essa pequena falha, e o argumento de Damion Dietz apesar de nos apresentar alguns lugares comuns consegue ser consistente e bem dirigido.
Não se trata de um filme memorável e não será um filme de grande destaque internacional mas considerando a sua temática durante muito tempo escondida e afastada do cinema e agora cada vez mais presente nas salas, consegue ser um filme ligeiro e de um visionamento fácil e fluído e apesar de se tentar um drama, alcançado na maior parte dos momentos, um toque de comédia ajuda a essa mesma fluidez.
Para os interessados e que disponham de 90 minutos, é só procurar no youtube pois o filme encontra-se por lá na integra.




7 / 10


CinEuphoria Prémios'09 VOTAR AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário