sábado, 21 de novembro de 2009

Marley & Me (2008)

Marley & Eu de David Frankel conta com as participações como actores principais de Owen Wilson e Jennifer Aniston e é uma divertida e bem elaborada comédia/drama. Ou quererei dizer drama/comédia?!
O crescimento de um casal e a formação da sua família desde o recém casamento, a compra de casa, do carro, o nascimento dos filhos e claro o elemento sempre presente... o cão.
O cão de "promoção" como eles referem que esteve presente em todos os momentos das suas vidas, dos mais felizes aos de tristeza profunda. O que lhes deu inúmeras dores de cabeça mas também as mais sentidas alegrias.
O engraçado é que devido ao seu "feitio" muito particular a maior parte do tempo sempre foi visto como um problema, mas é nos momentos mais difíceis pelos quais tiveram de passar que sentiram na realidade o quão presente e consciente ele estava de que de facto fazia parte daquela família e o quanto para eles representava.
Este filme, baseado numa história verídica, é terno, bastante sentimental e feito de uma forma muito calma (apesar dos momentos de puro instinto destrutivo do Marley) e que nos mostra a vida diária de um casal que passa por momentos onde o que mais deseja é estar separado. Está muito consistente e podemos ter uns momentos de umas gargalhadas ou sorrisos bem genuínos, e é completado por uma simples e bem consguida banda sonora da autoria de Theodore Shapiro.
Não revelando o final, que é sem sombra de dúvidas, um dos momentos mais bonitos e sentidos de todo o filme acrescento queos desempenhos quer de Owen Wilson e de Jennifer Aniston são aqui dos melhores que alguma vez eles tiveram e que o filme conta também com interpretações consistentes de Eric Dane e de Alan Arkin, e também com a participação especial daquela que em tempos foi Kathleen Turner e que aqui aparece totalmente desgastada pelo tempo onde tenta dar um pequeno ar de sua graça mas sem a química que tinha noutros tempos.
Vale muito... MUITO a pena ter a oportunidade de ver este fantástico filme que, apesar de ter como elemento principal um animal, está longe de ser o típico filme de ou sobre animais.




"John Grogan: A dog has no use for fancy cars, big homes, or designer clothes. A water log stick will do just fine. A dog doesn't care if your rich or poor, clever or dull, smart or dumb. Give him your heart and he'll give you his. How many people can you say that about? How many people can make you feel rare and pure and special? How many people can make you feel extraordinary?"


9 / 10


CinEuphoria Prémios'09 VOTAR AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário